Carta do leitor: Como é bom ter OPaís no nosso país

CARTA DO LEITOR

POR: Víctor Tavares
Cacuaco

Caro director Digam o que disserem alguma coisa mudou no nosso país, Parece até que João Lourenço abriu a rolha e os jornalistas desataram a falar de tudo e de mais alguma coisa. Agora até os telejornais da TPA mudaram, nem parece a mesma televisão. Menos, mas mesmo assim, no Jornal de Angola e na Rádio Nacional as coisas também parece que mudaram. Tudo isso é muito bom para o país. É preciso mostrar as coisas como elas são mesmo, até para ajudar o Governo a resolver os problemas. Não adianta fingir que estamos no paraíso, porque de facto não é lá que estamos! Os Semanários privados e os órgãos da Media Nova, com o jornal OPAÍS, a Rádio Mais e a TV Zimbo agora podem dizer que tinham razão no trabalho que faziam, abriram o caminho ao tempo em que,a TPA, RNA e Jornal de Angola enterravam a cabeça na areia perante certas verdades. Nem coragem tinham para seguir matérias de interesse nacional como a febre-amarela, as ambulâncias que andavam escondidas e o surto de mortes que enchiam os cemitérios. Assim como no caso dos desmaios nas escolas. Só sabíamos destes casos, no dia-a-dia, pelos órgãos privados. Por isso nunca deixei de ler este jornal. Porque mesmo sendo privado, é diário. Infelizmente só on-line, mas segundo dizem isso vai mudar lá para o fim do ano. Tem mesmo que ser, porque quando OPAÍS saía dia-a-dia, no papel, quando não comprava de manhã cedo lá para as dez horas já não havia mais nenhum. Ora isso significa que as pessoas respeitam o jornal e sabem que nele encontram notícias verdadeiras. Viva OPAÍS e o jornalismo angolano de qualidade.

 

error: Content is protected !!