o editorial: A corda a descer

Jornal OPaís edição n1543 de 23/07/2019

Sete cadáveres foram recolhidos nos últimos sete dias pelo serviço de Protecção Civil e Bombeiros (SPCB) nos arredores da cidade do Luena, capital da província do Moxico, mais cinco corpos em relação a igual período anterior, noticiou a ANgOP. E mais, uma nota do gabinete Provincial do Ministério do Interior aponta as causas das mortes: 3 enforcamentos, 2 por asfi xia por inalação de monóxido de carbono e 2 por doença. Se até há pouco mais de dois anos os casos de suicídio por enforcamento eram uma quase exclusividade da Lunda-Sul, na região Leste e até a nível nacional, estes dados dos bombeiros do Luena dão que pensar sobre as suas causas. É preciso muita atenção ao fenómeno, porque pode alastrar-se e tornar-se numa espécie de epidemia. É preciso agir.

error: Content is protected !!