Pérola, Paulo Flores e Patrícia Faria integram cartaz da V edição do “Festival Caixa Fado” em homenagem a Amália Rodrigues

A vida e obra da fadista portuguesa Amália Rodrigues, falecida em 1999, será o mote do concerto em sua homenagem, no quadro da V edição do “Festival Caixa Fado”

O cine Atlântico em Luanda, será novamente o palco da V edição do Festival Caixa Fado, que acontece a 17 de Outubro a partir das 19 horas, com os angolanos Paulo Flores, Pérola e Patrícia Faria no cartaz, em honra de Amália Rodrigues, falecida em Outubro de 1999. Por essa razão, a organização do evento realiza uma conferência de imprensa esta Quartafeira, 24, para o lançamento da 5ª edição do Festival Caixa Fado numa das unidades hoteleiras de Luanda. A referida conferência de imprensa será conduzida pelo porta- voz do Festival Caixa Fado ‘19, Kayaya Júnior, e contará com a participação da Comissão Executiva do Banco Caixa Angola, do fadista português Marco Rodrigues e guitarrista Pedro Oliveira, da artista angolana Patrícia Faria e do produtor artístico Luís Montez, em representação da produtora Música no Coração.

O elenco de artistas para edição os dois países por meio das suas culturas, que são muito parecidas. O grupo de intercambistas é composto por historiadores, escritores, actores e outros agentes culturais. A logística está a cargo da Globo Dikulo que também é responsável pela permanência de todos os brasileiros envolvidos no projecto, que durante o período de estadia farão visitas de trabalhos a locais turísticos e históricos e ainda à promoção de conversa com agentes culturais.

O projecto integra igualmente a realização de cursos de Economia Criativa, criação de oficinas de música, teatro, literatura, dança, contos, espectáculos de dança e música, lançamento de livros, amostras culturais e workshops destinados a jovens e demais interessados. dr dr dr dr traz ainda Marco Rodrigues, Cidália Moreira, Lina, Tânia Oleiro e Mel, completados com os artistas angolanos que são desafiados uma vez mais a apresentar uma musicalidade diferente da habitual. 2019 e 2020 são dois anos muito relevantes para os amantes do fado e da sua embaixadora Amália Rodrigues, uma vez que em Outubro de 2019 se assinalam os 20 anos sobre a sua morte e em Julho de 2020 celebra-se o centenário do seu nascimento. Assim, este ano, o palco do Cine Atlântico, em Luanda, irá festejar a magnífica obra de Amália Rodrigues, com testemunhos musicais da vastíssima herança cultural que deixou para a humanidade.

Com a organização do Banco Caixa Geral Angola, o Festival Caixa Fado’19 continua a promover a interacção entre culturas, garantindo o contínuo compromisso com a promoção do desenvolvimento cultural e da língua portuguesa, enquanto veículo de aproximação entre os povos.

error: Content is protected !!