Militares tentam passe para as meias-finais

Depois de vencer o Campeonato Nacional sénior feminino de andebol, o 1º de Agosto participa no Mundial de Clubes que a China acolhe na cidade Wuxi no próximo mês. pelo que fizeram na prova doméstica, as angolanas estão apostadas em vencer o certame.

Kiameso Pedro

A equipa sénior feminina de andebol do 1º de Agosto tenta carimbar o passe para as meias-finais do Mundial de Clubes que a China acolhe de 01 a 04 de Agosto próximo. A formação angolana, que conquistou o Campeonato Nacional, na semana passada, em Luanda, medirá forças com o Jiangsu, equipa anfitriã. Na cidade de Wuxi, o sete do rio seco entrará sem temer a adversária, pelo que vai mostrar que é uma equipa forte onde quer que seja. O treinador da equipa militar, Morten Soubak, revelou ontem, em declarações a OPAÍS que a sua equipa vai dar o seu máximo para conquistar o título Mundial. Morten Soubak reconheceu que a empreitada será difícil, mas estão preparados para o desafio. “Vai ser difícil. Quem chegou até aqui merece respeito. Mas, vamos dar o nosso máximo e levar o troféu para o país”, assegurou. O dinamarquês salientou a este diário que do ponto de vista clínico as suas jogadoras gozam de boa saúde.

“Ninguém está machucada, todas estão bem”, garantiu. Morten Soubak frisou que na cidade de Wuxi a sua equipa vai realizar alguns desafios amistosos, de modo a ganhar ritmo competitivo. A competição não contará com equipas europeias, de acordo com a organização do certame. As formações da Europa declinaram o convite do comité organizador devido a problemas burocráticos. Kaysar Club do Cazaquistão, China National Club, Jiangsu Handball e Omron (todas da Ásia), UnC Concórdia (América do Sul), University of Queensland (Austrália/Oceânia) e New York City Team Handball Club (América do Norte) são as formações que vão competir.

error: Content is protected !!