Estancamento de ravinas iniciam em Massango

Os trabalhos de estacamento de duas ravinas de grandes proporções, no município de Massango, que ameaçavam destruir várias infra-estruturas sociais e dividir a sede local do resto da província, iniciaram neste mês de Julho, informou hoje o administrador municipal, Luís José.

Os termos de consignação das obras foram assinados no passado mês de Junho, por representantes do Ministério da Construção e Obras Públicas e da Empresa “7 Cunhas”, vencedora do concurso.

De acordo com o administrador, o empreiteiro procedeu já ao levantamento dos pontos de passagem das águas e realizou trabalhos de topografia e de desmatação em volta das ravinas. Explicou que neste momento decorrem os trabalhos de aterro de 20 metros de profundidade. “As obras de estancamento das ravinas no município de Massango vão durar 12 meses, e augura-se que neste período seco, a empresa consiga dar o seu máximo, tendo em conta que a circunscrição recebe grandes quedas pluviométricas na época chuvosa”, disse.

O projecto de estancamento da ravina de maior dimensão, situada logo à entrada da sede municipal, está orçado em dois mil milhões, 487 milhões e 37 mil Kwanzas, ao passo que a outra, localizada no extremo oposto da vila, conta com 451 milhões e 855 mil de Kwanzas

error: Content is protected !!