National Geographic estreia II temporada de “Drenar os Oceanos”

A segunda temporada da série documental ‘Drenar os oceanos’ estreia no National geographic em Agosto, 4, com emissão aos Domingos, às 22 horas e 30 minutos

Nos novos episódios, são desvendadas provas escondidas dos mistérios sub-aquáticos mais impressionantes e nunca antes vistos. ‘Drenar os Oceanos’ é uma série épica e verdadeiramente original que, ao mergulhar no desconhecido, leva a aventura subaquática e a ilustração científica da Terra a um novo nível. Através de uma exploração ambiciosa, de investigação científica e utilizando tecnologia inovadora, a série ajuda a desvendar alguns dos mistérios subaquáticos mais impressionantes e nunca antes vistos. A última tecnologia sonar revela naufrágios como nunca. À medida que a água é drenada vai sendo revelado um segredo debaixo da linha de céu de Manhattan; uma peça de engenharia brilhante; um ícone que bate recordes e uma vítima da I Guerra Mundial.

Ao examinar estes gigantes escondidos é possível explicar o crescimento meteórico de Nova Iorque. A referida série é co-produzida por Crispin Sadler e Mark Fielder, da Mallinson Sadler Productions, por Phil Craig, Andrew Ogilvie e Andrea Quesnelle da Electric Pictures, para a National Geographic, e conta com Carolyn Payne como produtora executiva e Hamish Mykura como Vice-Presidente executiva.

Apresentações

Durante o referido mês, no dia 11 será exibido a série “Submarinos de Ataque”. A mesma vai abordar sobre a primeira arma furtiva e “invisível” do mundo – U-Boat – assume o poder da Marinha. Ao afundar 12 milhões de toneladas de carga, quase venceram a guerra. Esta luta mudou para sempre as regras da guerra naval. ‘Drenar os Oceanos’ revela toda a história.

Por sua vez, a apresentação de “Segredos Enterrados da Febre do Ouro”, que acontece a 18 daquele mês, aborda as ruas de São Francisco, o rio Sacramento e os resíduos gelados de Klondike, no norte do Canadá, para contar a verdadeira história da loucura pelo ouro do século XIX. Na corrida para serem os primeiros nos campos de ouro, centenas de milhares de pessoas de todo o mundo dirigem-se para Oeste. Os riscos crescem, inúmeras pessoas morrem, fortunas são construídas – e perdidas – e, no meio disto tudo, nascem os Estados Unidos da América dos dias de hoje. Já a abordagem de “Segredos da Guerra Civil”, que retrata as batalhas da Guerra civil Americana são bem conhecidas, mas foi a guerra nos mares que moldou o resultado final. Arqueólogos e historiadores partem à procura de segredos da guerra civil escondidos debaixo de água. Dados científicos combinados com grafismos computorizados drenam os oceanos para investigarem os destroços perdidos da guerra.

error: Content is protected !!