Angola fora do CHAN 2020 nos Camarões

Os Palancas Negras, depois do empate a uma bola no tempo regulamentar, ontem, não tiveram capacidade para travar o Eswatini (ex -Swazilândia) na marca das grandes penalidades na penúltima eliminatória

Sebastião Félix

A Selecção Nacional de futebol está fora do CHAN 2020 que os Camarões vai acolher no próximo ano. Ontem, no Estádio dos Coqueiros, em Luanda, depois do empate a uma bola com Eswatini (ex- Swazilândia), nos penaltis, os Palancas Negras foram incapazes. Cinco bolas contra quatro de Angola foi o resultado na marca das grandes penalidades, na presença dos seus adeptos.

A eliminação da Selecção Nacional volta a matar o sonho de muitos angolanos, pelo que muitos adeptos continuam de costas viradas com os Palancas Negras. Assim, a montanha de problemas que se vive nos últimos tempos começa a ganhar novos contornos. Deste modo, a Federação Angolana de Futebol (FAF) tem a obrigação de publicamente explicar as razões do fracasso.

A pouco menos de um mês, os angolanos tombaram no Egipto, ou seja, não passaram da primeira fase no CAN conquistado pela Argélia. O técnico dos Palancas Negras, Silvestre Pelé, disse que tudo fizeram para que fosse possível passar a eliminatória, mas não conseguiram. “O adversário teve mais argumentos na lotaria das grandes penalidades, por isso ficamos”, disse o seleccionador nacional. Em 2011, Angola disputou a final do CHAN no Sudão, mas perdeu com a Tunísia por três bolas a uma.

error: Content is protected !!