Cuanza-Norte regista aumento das receitas fiscais

Quatro mil milhões, 475 milhões, 549 mil e 455 Kwanzas constitui o volume de receitas fiscais arrecadadas pelas distintas repartições fiscais da província do Cuanza- Norte, de Janeiro a Junho deste ano, período em que se constatou um incremento das tributações no valor de dois mil milhões, 445 milhões, 41 mil e 121 Kwanzas, comparativamente ao primeiro semestre de 2018.

Estes dados constam no balanço semestral da Delegação Provincial de Finanças a que a Angop teve acesso. O documento indica o imposto sobre lucro da actividade económica com um valor de dois mil milhões, 13 milhões, 591 mil e 145 Kwanzas, como sendo o que mais receitas rendeu aos cofres do Estado, seguido do imposto sobre rendimento de trabalho (IRT) com mil milhões, 610 milhões, 238 mil e 294 Kwanzas. Entre as rubricas, os tributos que mais renderam são o imposto de consumo 592 milhões, 719 mil e 372 Kwanzas, seguido do imposto de selo, 155 milhões, 349 mil e 19 Kwanzas, imposto sobre património, 25 milhões, 542 mil e 15 Kwanzas e receitas de serviços diversos com nove milhões, 431 mil e 737 Kwanzas. Em virtude de albergar o maior parque industrial da província, onde se situam os maiores contribuintes, o município de Cambambe foi a região A c omp a n h i a aérea etíope, Ethiopian Airlines, anunciou o lançamento de vôos directos para a cidade de Bangalore, na Índia, a partir de 27 de Outubro próximo. A ligação Addis Abeba-Bangalore será garantida por quatro vôos semanais. O director-geral da Ethiopian Airlines, Tewolde Gebre- Mariam, revelou que a adição de Bangalore à sua rede indiana vai oferecer a possibilidade de escolha aos viajantes de forte crescimento entre a Índia e África e além. “O crescimento de vôos para a Índia vai facilitar o comércio, o investimento e o turismo de e para o sub-continente indiano. O programa é cuidosamente concebido para conectar eficazmente os passageiros via nosso hub mundial, em Addis Abeba, com curtas conexões, e fornecerá ligações mais rápidas e mais curtas entre Bangalore, no Sul da Índia, e mais de 60 destinos, em África, e na América do Sul”, acrescentou Gebre Mariam. Bangalore, capital do Estado indiano do Karnataka, é denominada “Silicon Valley da Índia” e serve de centro de tecnologia e de inovação. Para a Índia, a Ethiopian Airlines garante, actualmente, dois vôos diários para as cidades de Mumbai e Nova Deli. Explora também um serviço de frete para as cidades de Bangalore, Ahmedabad, Chennai, Mumbai e Nova Deli, além de servir actualmente 120 destinos internacionais em cinco continentes. da província que maior volume de receitas arrecadou para os cofres do Estado no período em análise num valor de 2 mil milhões, 933 milhões, 572 mil e 747 Kwanzas, correspondente a 65,55 por cento do volume geral das arrecadações. A seguir vem a repartição de Ndalatando (capital da província) com uma receita de mil milhões, 516 milhões, 506 mil e 704 kwanzas ( 33,88 por cento), enquanto a repartição de Camabatela, município de Ambaca, amealhou apenas 25 milhões e 470 mil Kwanzas (0,57 por cento). O Cuanza-Norte conta actualmente com repartições fiscais instaladas em apenas três dos dez municípios da província, estando a extensão da actividade tributária dependente do aumento dos recursos humanos e criação de condições de infraestruturas nalguns municípios onde a actividade económica já justifica a instalação dos referidos serviços.

 

error: Content is protected !!