Profissionais aprimoram conhecimentos sobre jornalismo online

Vinte e cinco profissionais de vários órgãos de comunicação social, estatais e privados, frequentaram, nesta cidade, um curso sobre jornalismo online e novas tecnologias de informação, numa promoção da Embaixada americana.

A acção formativa, com duração de dois dias, terminou ontem, Domingo, contando com a parceria da Voz da América e visa ajudar a fortalecer a democracia no país, capacitando os jornalistas, enquanto partícipes desse processo. Temas como As eleições e a democracia, Eleições locais angolanas e seu contexto, Ambiente digital em Angola, Recursos digitais para cobertura de notícias, Impacto mundial da cobertura eleitoral, Identificação de páginas falsas, dentre outros, foram abordados pelos participantes.

Os prelectores foram os jornalistas Mayra Fernandes, editora de multimédia da VOA, e Teixeira Cândido, secretário-geral do Sindicato dos Jornalistas Angolanos. Em declarações à Angop, o assessor de imprensa e programas da embaixada americana em Angola, Phil Nelo, disse que essa acção visa dotar os profissionais de ferramentas que lhes permitam dominar melhor o jornalismo online, visando o aumento da audiência.

Na mesma senda, disse que o jornalista deve estar bem preparado para ultrapassar o “cidadão repórter”, que posta informações nas redes sociais. “O texto do jornalista deve ser o mais completo possível, com mais dados, para prender a audiência”, enfatizou. De realçar que a embaixada americana realiza esse género de formação desde 2015, tendo já capacitado políticos na utilização das novas tecnologias de informação, para passarem as suas mensagens durante o período eleitoral.

error: Content is protected !!