Research Atlantico: O BNA deverá disponibilizar ao mercado cambial 500 milhões USd ao longo do mês de Agosto

O BNA deverá disponibilizar ao mercado cambial 500 milhões USd ao longo do mês de Agosto

Espaço Angola Mercado Cambial

O BNA deverá disponibilizar ao mercado cambial 500 milhões USD ao longo do mês de Agosto. O montante a ser vendido por via de leilões de preço e de quantidade representa um aumento de 25% face ao mês anterior, com efeitos sobre a estabilização do mercado.

Mercado Monetário 

O stock de crédito nos diferentes ramos da economia fixou-se em 4.310,77 mil milhões Kz. O nível representa aumento homólogo de 13%, impulsionado pela “Indústria Extrativa” e a “Agricultura, Produção Animal, Caça e Silvicultura” que cresceram 71% e 43%, respectivamente. O Comité de Política Monetária do BNA decidiu, na última reunião, manter a “Taxa BNA” em 15,5%. A decisão foi seguida pela manutenção dos coeficientes das Reservas Obrigatórias em moeda nacional em 17% e da taxa de juro da Facilidade Permanente de Absorção de Liquidez em 0%.  A oferta monetária medida pelo agregado monetário M2 cresceu 12% em termos homólogos, em Junho. A evolução do indicador reflecte, essencialmente, a depreciação cambial e o ligeiro incremento do montante de moeda em circulação, com efeitos sobre os níveis de preços.O nível de dolarização da economia fixou-se em 48% em Junho. O rácio dos depósitos em moeda estrangeira sobre os depósitos totais do sistema apresentou um aumento de 7 p.p. face ao período homólogo, reflexo da atractividade dos produtos bancários em moeda estrangeira.

Espaço Internacional EUA

A taxa de crescimento da economia fixou-se em 2,1% no IIº trimestre de 2019. O desempenho representa uma desaceleração de 1 p.p., face ao período anterior, que reflecte a redução das exportações, com efeitos sobre a intensificação das tensões comerciais. A Reserva Federal dos EUA decidiu reduzir a taxa de juro básica em 25 p.b., ao fixar-se no intervalo de 2 e 2,25%. A redução, a primeira em dez anos, reflecte aos riscos associada à evolução da economia global, com efeito sobre o crescimento da economia.

Reino Unido

O Banco Central da Inglaterra reviu em baixa a perspectiva de crescimento da economia para 1,3%. A revisão em -0,3 p.p. das projecções é alicerçada pelas incertezas associadas a efectivação do Brexit sem um acordo, com impactos sobre o crescimento económico mundial.

França

O Produto Interno Bruto referente ao IIº trimestre cresceu 0,2% em termos homólogos. O nível representa uma desaceleração de 0,1 p.p., face ao período anterior, reflexo, fundamentalmente, do crescimento moderado do consumo privado e da redução dos investimentos.

error: Content is protected !!