Mais de 200 hectares de trigo sem escoamento no Bié

Pelo menos 230 hectares de trigo encontram-se abandonados na província do Bié, município do Chinguar, na fazenda Vinevela, por falta de equipamentos para colheita, deu a conhecer o produtor Alfeo Vinevela. No entanto, não avança as quantidades que seriam colhidas no referido espaço

A falta de máquinas e transporte para colher o cereal fazem com que grandes quantidades de produção acabem por se estragar no campo, levando grandes prejuízos aos produtores que decidem apostar na agricultura e na diversificação da economia. De acordo com o maior produtor da província do Bié, Alfeo Vinevela, várias comissões constituídas pelos Ministério do Comercio e governo provincial já visitaram o local e constataram as dificuldades para tirar o produto do campo. No local, algumas promessas foram feitas, mas a situação mantém-se. Segundo o empresário, neste projecto foram investidos 20 milhões de Kwanzas, desde a preparação da terra, sementes e trabalhadores. Porém, grande parte de produção poderá estragar- se, porque não se consegue cortar o trigo, o que condiciona a colheita.

O agricultor referiu que o principal “estrangulamento” tem sido o escoamento da colheita da produção. “Manter a produção tem sido difícil, tendo em conta o elevado investimento. Por esse motivo, gostaria que o governo ajudasse os produtores para evitar o desperdício da produção”, avançou. Na sua opinião, existem muitas iniciativas, contudo para um maior desenvolvimento é necessário o envolvimento do Governo com facilidades para o crédito bancário e aquisição de equipamentos essenciais para o sector agrícola. Alfeo Vinevela resolveu apostar na produção de trigo, de modo a ajudar as panificadoras e diminuir a importação em grandes quantidades do produto e apela, a quem tiver máquinas, para alugar, no sentido de retirar a produção do campo e escoar para os grandes mercados.

Produção de trigo precisa de apoio

Ao nível do país, a produção de trigo está centralizada no centro- sul. Apesar de ser em pequena escala, a produção existe e precisa de investidores, estes que reclamam da falta de abertura dos bancos comerciais que pouco apostam no sector agrícola, de forma geral. As províncias do Bié, do Huambo, e da Huíla são as que mais produzem trigo, mas ainda de forma familiar. O trigo é um cereal muito utilizado no mundo, pois serve para produção de muitos alimentos, desde o pão a massa alimentar, e não só.

error: Content is protected !!