Mercado da Madeira consumido pelo fogo

Um incêndio de médias proporções destruiu parcialmente, no princípio de ontem, Segunda-feira, o mercado informal da Madeira, no bairro Gamek , Maianga, em Luanda.

O incêndio, que teve início por volta das duas horas da madrugada e foi extinto às cinco horas, não causou vítimas humanas, tendo afectado a zona de venda de material de construção civil. Em declarações à Angop, o porta-voz do Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros ( SNPCB), Faustino Minguês, disse que foi consumido pelo fogo 90 por cento do material exposto para venda, entre tintas, material eléctrico, portas e janelas de madeira, bem como as barracas onde era comercializada comida e bebidas.

Para combater o incêndio foram mobilizados 18 especialistas dos bombeiros em extinção de incêndios, apoiados por três viaturas de 30 e 35 mil litros de água, provenientes dos quartéis do Gamek, Central e do Kilamba-Kiaxi. Até ao momento, desconhecem- se as reais causas do incêndio, mas presume-se que seja fogo posto. O mercado informal da Madeira existe há mais de 20 anos, alberga mais de 400 vendedores e comporta áreas para refeições, vendas de alimentos diversos, perecíveis, roupas, reparação de electro-domésticos, relógios e barbearias.

error: Content is protected !!