Josefa Sacko entre as 100 mais influentes de África

A angolana Josefa Sacko, comissária para a Economia Rural e Agricultura da União Africana (UA), figura da lista inaugural das 100 Mulheres Africanas Mais Influentes em 2019, anunciada pela Avance Media, empresa líder em relações públicas

A diplomata já havia sido eleita recentemente, em Londres, uma das 100 Pessoas Mais Influentes na Política Climática em 2019, pela “Apolitical”, plataforma internacional de pares que apoia esforços tendentes a influenciar a política climática no mundo. Comissária para Economia Rural e Agricultura da União Africana, desde 2017, Josefa Sacko já foi assessora no Ministério do Ambiente, onde desempenhou o papel de embaixadora de Boa Vontade para as Alterações Climáticas, e no pelouro da Agricultura e Desenvolvimento Rural, cuja acção assentou na supervisão da Segurança Alimentar, Erradicação da Fome e Redução da Pobreza.

Durante 13 anos, Josefa Sacko exerceu também a função de Secretária- Geral da Organização Inter-africana do Café (OIAC), na Côte d’Ivoire. Desta vez, surge nas escolhas da Avance Media, que incluiu mulheres ilustres cujos trabalhos e realizações continuam a inspirar a próxima geração de mulheres em África.A lista tem uma representação de 100 mulheres de 35 países africanos, que estão a mudar a narrativa feminina e a desafiar o status quo das mulheres no continente. Inclui, entretanto, algumas homenageadas que manifestaram interesse em oferecer oportunidades de orientação para jovens mulheres de todo o continente, através do Programa de Mentores de uma Menina, que está a ser lançado.

A lista apresenta eminentes mulheres que ocupam posições de liderança, como presidente, primeiro-ministro, secretário-geral, primeira- dama, governador, ministro, CEO e comissário, entre as quais a presidente da Etiópia, Sahle-Work Zewde. Constam também a primeira- ministra da Namíbia, SaaraKuugongelwa-Amadhila, a Secretária-Geral Adjunta das Nações Unidas, Amina J. Mohammed, e a vice-presidente da Libéria, Jewel Taylor, além da ex-presidente da Libéria, Ellen Johnson, a ex-presidente interina da República Centro Africana (RCA), Catherine Samba-Panza.

error: Content is protected !!