1º de Agosto em Zanzibar com “os olhos” no triunfo

Depois de conquistar a Supertaça, os militares vão defrontar hoje o KMKM da Tanzânia, em jogo a contar para a primeira mão das eliminatórias de acesso à Liga dos Clubes Campeões Africanos

O 1º de Agosto joga hoje com o KMKM FC da Tanzânia, em Zanzibar, em partida a contar para a primeira mão das eliminatórias de acesso à fase de grupos da Liga dos Clubes Campeões Africanos, às 13:00.

O emblema angolano quer fazer um resultado positivo no reduto do adversário, ou seja, marcar mais de dois golos. Não sofrer golos também é o objectivo do tetra campeão angolano, uma vez que quer resolver a eliminatória no 11 de Novembro, em Luanda. Por esta razão, o técnico adjunto do 1º de Agosto, Ivo Traça, adiantou que o grupo está moralizado. Aliás, venceu a Supertaça no seu reduto em Luanda, batendo por duas bolas sem resposta o Desportivo da Huíla.

“Não conhecemos o adversário, portanto vamos preparados para fazer um resultado que nos agrade”, disse Ivo Traça. Para esta operação, o 1º de Agosto contará com atletas fortes no ataque, basta lembrar que o avançado Ary Papel vai dando cartas. No embate com o Desportivo da Huíla marcou e prometeu marcar frente ao adversário da Tanzânia. Antes de partir para o palco da competição, os militares corrigiram as falhas que cometeram na ronda frente ao emblema da cidade do Lubango. Por conta disto, os jogadores mostraram-se convictos, uma vez que querem repetir o que fizeram na Liga dos Clubes Campeões em 2018. Nesse ano, o 1º de Agosto foi eliminado nas meias-finais pelo Espérance de Tunis, mas num jogo polémico.

O árbitro de nacionalidade zambiana, Janny Sikazwe, anulou o golo que colocaria o 1º de Agosto na final, mesmo escrevendo para a CAF, a reclamação foi

error: Content is protected !!