Conflitos no nordeste da Colômbia colocam 300 mil civis em risco, diz ONG

Conflitos no nordeste da Colômbia colocam 300 mil civis em risco, diz ONG

Rebeldes do Exército de Libertação Nacional (ELN), dissidentes das Forças Armadas Revolucionárias da Colôme os mortos eram todos da mesma família. A polícia federal e os militares foram enviados para a área após o assassinato, disse ele.

O ataque aconteceu na cidade . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta