Governo da Líbia aceita proposta de cessar-fogo da ONU

O governo internacionalmente reconhecido da Líbia, que enfrenta uma campanha das tropas do Leste para tomar a capital, aceitou uma proposta das Nações Unidas para um cessarfogo durante o feriado religioso do Eid al-Adha, diz um comunicado divulgado na Sexta-feiraO governo internacionalmente reconhecido da Líbia, que enfrenta uma campanha das tropas do Leste para tomar a capital, aceitou uma proposta das Nações Unidas para um cessarfogo durante o feriado religioso do Eid al-Adha, diz um comunicado divulgado na Sexta-feira

Não ficou claro se a disputa pela capital iria realmente cessar após quatro meses de batalha que desalojou mais de 105 mil pessoas, segundo as Nações Unidas. A missão da ONU na Líbia (UNSMIL) pediu nesta Sexta-feira ao governo de Tripoli e ao Exército Nacional da Líbia (LNA) para permitir um cessar-fogo durante o feriado do Eid, que começa no Sábado e termina na Terçafeira. O cessar-fogo também incluiria a proibição de ataques aéreos, informou o governo baseado em Tripoli num comunicado, citando motivos humanitários para a medida. Não houve comentários imediatos do LNA, que iniciou em Abril um ataque surpresa em Trípoli, que não passou dos subúrbios do Sul. A UNSMIL será responsável por monitorar quaisquer violações, disse o governo de Tripoli.

error: Content is protected !!