Governador considera “justas” reclamações dos munícipes de Massangano

O governador do Cuanza-Norte, Adriano Mendes de Carvalho, considerou “justas” as constantes reclamações dos munícipes sobre o mau estado da via de acesso à localidade de Massangano, num percurso de 20 quilómetros, criando constrangimentos aos usuários

Ao intervir na missa de abertura da 9ª edição da peregrinação ao santuário de Nossa Senhora das Vitórias, Adriano Mendes de Carvalho afirmou que se está a trabalhar no sentido de se melhorar a via, para permitir uma melhor circulação de pessoas e bens e alavancar o desenvolvimento da região. “Reconheço, com muita honestidade, que a via não está em condições, mas quero assegurar que iremos interceder junto dos demais órgãos governamentais para a efectivação deste propósito”, asseverou.

Adriano Mendes de Carvalho afirmou que, para a melhoria dos serviços sociais de Massangano, sobretudo, a reabilitação da via de acesso à vila e ao Santuário de Nossa Senhora das Vitórias, o governo do Cuanza-Norte vai aproveitar a experiência de um projecto implementado no município de Icolo e Bengo, em Luanda, com a instalação, no princípio, da jangada para a ligação entre a comunidade da Cabala (Icolo e Bengo) com o município da Quiçama. Referiu que o governo da província do Cuanza -Norte está a realizar outras tarefas, com base nos projectos aprovados,tais como a melhoria do fornecimento de água, o fornecimento de energia eléctrica, a construção de escolas e postos de saúde.

O santuário está localizado na vila de Massangano, que se situa a 20 quilómetros do Dondo (sede do município de Cambambe), na confluência entre os rios Cuanza e Lucala, tutelado pelos frades da ordem dos Capuchinhos de Angola. Foi construído no Século XVI e classificado património cultural em 1923, através da portaria nº 81, boletim oficial nº 20, de 28 de Abril de 1923. A 9ª edição da peregrinação ao Santuário de Nossa Senhora das Vitórias de Massangano decorre sob o lema “Com nossa Senhora das Vitórias, celebremos com alegria a nossa fé”.

error: Content is protected !!