História da Podologia

POR: Suelyl. S. Gamarano

O termo Podologia origina-se do grego arcaico tendo por prefixo podos = pé, pés e sufixo logos = tratado, estudo, conhecimento. Formando então Podologia: nome da ciência que trata do estudo dos pés. Podologista/podiatra – termo obviamente com as mesmas origens que designa a pessoa que aplica terapia nos pés, com estudo superior ou técnico – científico adequado em Podologia, aprofundado da anatomia, fisiologia, podopatias e conhecimento biomecânico dos pés. Podologia é um ramo auxiliar da área da saúde cuja atuação concentra-se na anatomia e fisiologia dos pés. Desenvolve conhecimento biomecânico do tornozelo e dos pés, a fim de compreender a marcha e os problemas que a dificultam, podendo, desta forma, implementar tratamento prescrito por profissionais da área médica. Cuidar dos pés não é uma tarefa fácil. Hoje, unhas encravadas, infeccionadas calos, calosidades, fissuras, micoses e outros incômodos, já podem ser tratados e com sucesso, graças à profissão que ainda está em expansão em Angola : O objectivo da podologia é o cuidado e o tratamento preventivo e curativo dos pés e toda sua estrutura. Em geral, porém, o leigo entende que podologia refere-se mais aos cuidados com as unhas dos pés, esquecendo-se de que ela é mais abrangente e repercute em toda a estrutura do corpo humano. Por isto, que a podologia é um auxiliar da medicina que estuda e cuida da saúde dos pés é considerada e regulamentada como “atividades afins da Medicina”. E este trabalho, na maioria das vezes, é multidisciplinar”. Como profissional da saúde, o podólogo tem obrigação de oferecer todas as orientações para seus pacientes sobre os cuidados e higiene com os pés, além de tratá-los com toda segurança, resultando assim facilitar a vida dos seus pacientes, pois os pés recebem toda a nossa carga diária.

error: Content is protected !!