O editorial:Não parece, mas é geral

No Bié, na cidade do Cuito, está a ser julgada a antiga administradora municipal do Chinguari, os crimes de que vem acusada são quase uma cópia daqueles de que são acusadas algumas figuras com notoriedade nacional. E é aí que está a diferença, aparente. Para os “pesos pesados”, os julgamentos são mediatizados, é normal, e entram nos assuntos de conversas públicas em qualquer lado, cada um faz o seu julgamento. No caso do Chinguari, um município pequeno, o assunto passa quase despercebido do resto do país. Mas, se se causou dano a alguém ou ao Estado, a dimensão não faz diferença perante a lei. E os tribunais devem julgar e decidir sem ter em referencia a dimensão da pessoa em causa. Tudo o que se pretende é uma justiça competente.

error: Content is protected !!