Crianças da Alemanha homenageiam ‘herói’ angolano em Setembro

Depois da homenagem feita pelo Governo da Cidade de Herten e pelo corpo de bombeiros, em que recusou a oferta de emprego, André Tiago receberá a homenagem das 65 crianças e da escola. O “herói angolano” pretende entregar o prémio ao Presidente da República, João Lourenço.

Milton Manaça

A homenagem a André Tiago Manuel está prevista para 6 de Setembro do corrente ano, na Erich-Klausener-Schule, a escola das 65 crianças que homenagearão o herói angolano na presença de toda a comunidade escolar e dos encarregados de educação.

O acto heróico aconteceu no dia 24 do mês de Junho passado, quando Tiago, motorista de uma empresa de entrega de encomendas de mercadorias, se deslocava para o seu local de trabalho. Viu um autocarro que circulava na auto-estrada A2, na cidade de Bochum em direcção a Hannover, a pegar fogo.

André Tiago de 36 anos de idade, nascido no Maculusso, em Luanda, já teve reconhecimento do Governo da Cidade de Herten, que o homenageou no dia 9 de Julho do corrente ano na presença de representantes da Embaixada de Angola. O corpo de bombeiros não ficou indiferente à prestação do jovem angolano, chegando, inclusive, a fazer um convite para que o mesmo integrasse o quadro dos seus efectivos.

O agora herói na Alemanha chegou a visitar um dos quartéis dos bombeiros e aceitou o desafio de realizar manobras simuladas trajado como se de um efectivo se tratasse. Todavia, declinou o convite realçando que está feliz no seu emprego.

“Sou um dos melhores trabalhadores da minha firma, o meu chefe ajudou-me nos momentos mais difíceis e estou contente aqui, não vejo razões para mudar”, disse o jovem, acrescentando que pelo seu desempenho ao longo dos 10 anos, a sua empresa sempre depositou confiança em si.

André reiterou ter ajudado as 65 crianças sem objectivo de conseguir qualquer protagonismo ou recompensa e disse ainda que o corpo de bombeiros deixou em aberto o convite para caso o angolano decida pensar melhor no assunto.

Ele, que se descreve como uma pessoa batalhadora, conta com cinco diplomas de diferentes instituições de formação profissional da Alemanha, dentre elas a de electricidade, serralharia e mecânica, conta com uma passagem pela gigante construtora de automóveis Mercedes.

“Quero entregar o prémio herói ao Presidente” O jovem reside na Alemanha há mais de 20 anos e contou a OPAÍS que regressa a Angola depois da homenagem para estar com os amigos e a família que há muitos anos não vê. André Tiago contou que pretende oferecer o prémio de herói que recebeu do Governo Alemão ao Presidente da República, João Lourenço, por se tratar da figura que representa todos os angolanos.

Segundo contou a OPAÍS, já mandou traduzir e ampliar o certificado de honra que recebeu para o português, para o entregar pessoalmente ao Presidente República. Acrescentou que já fez a solicitação para ir ao encontro de João Lourenço e apenas aguarda pela resposta. “Quero entregar o prémio como símbolo de respeito porque ele é o pai da nação e tem que saber que há angolanos lá fora que estão a contribuir para que o nosso país tenha uma imagem positiva nos outros países”, rematou.

 

error: Content is protected !!