Detidos dois envolvidos na rixa da 21 de Janeiro

Dois indivíduos, presumivelmente integrantes de uma das gangues envolvidas sábado, à noite, na rixa que ocorreu na Avenida 21 de Janeiro, no bairro do Rocha Pinto, em Luanda, foram detidos domingo, pela Polícia Nacional.

De acordo com informações do comando provincial da corporação a que a Angop teve acesso hoje (segunda-feira), os indivíduos, cujas identidades não foram reveladas pertencem a um grupo denominado “ Bwe Poster”. No sábado, o grupo, em número de membros não determinado, munido com armas de fogo, catanas, facões e machados entrou em confrontos com um outro denominado “Belas”.

O confronto resultou na morte de um cidadão, vendedor ambulante de 56 anos, que na ocasião passava pela zona. Segundo a polícia, o disparo que vitimou mortalmente o cidadão partiu de um dos grupos envolvidos na rixa.

Os membros dos grupos, apercebendo-se da presença das forças policiais, meteram-se em fuga, sem que fosse possível a identificação de um dos seus integrantes no momento. Segundo a fonte, prosseguem as diligências para se determinar a localização dos outros elementos das duas associações, bem como proceder a sua detenção. Em consequência do sucedido, durante algumas horas, a Avenida 21 de Janeiro, entre as paragens de táxi da Padaria e da Cabina, nos dois sentidos, ficou bloqueada com pneus em chamas, contentores e outros objectos, colocados por moradores da zona, em protesto contra a morte do vendedor. Os manifestantes danificaram um número indeterminado de viaturas.

As autoridades policiais apelam aos cidadãos que tiveram os carros danificadas a formalizarem as queixas. Este é o terceiro incidente do género este ano na Avenida 21 de Janeiro, no distrito urbano da Maianga, município de Luanda, com um saldo total de dois mortos e vários feridos. Em dois casos a Polícia recorreu à intervenção de forças especiais da corporação e do uso de meios de efeito moral.

error: Content is protected !!