Menino misteriosamente carbonizado em casa, no Zango, enterrado esta Terça-feira

O pai desfaleceu ao ver a urna contendo os restos mortais do seu primogénito Jair Fortunato, de oito anos de idade que foi encontrado em casa, na última Sexta-feira, com mais de 90 por cento do corpo carbonizado, descer ontem à cova no cemitério do Benfica. Uma história que OPAÍS conta por completo na sua edição de amanhã.

Em actualização

error: Content is protected !!