Produção de açucar bate records

Diferente de outros anos, nos primeiros três meses da safra de 2019, a Biocom conta já com uma produção de 62.589 toneladas de açúcar, contra 85 mil toneladas em 2018, e prevê ultrapassar a meta, disse o director-geral, Luis Bagorro Júnior

 

Patrícia de Oliveira

Para este ano, a Biocom projectou uma produção de 110 mil toneladas de açúcar, 19.000 metros cúbitos de etanol e 55.000 mega watts de energia elétrica .

A companhia Bioenergia de Angola LDA prevê bons resultados no primeiro trimestre do ano agrícola 2019.

A empresa tem contribuído para a diversificação econômica no país, sendo a única produtora de açúcar e etanol em Angola, e da energia verde.

De acordo com o director-geral Luís Bagorro Júnior, a campanha agrícola está a apresentar resultados animadores e a ultrapassar as metas preconizados até agora.

“A nossa moagem prevista era de um milhão e 50 mil hectares, até agora já foram moídos 65 mil 764 toneladas de cana-de-açúcar”, avançou.

A produção de açúcar prevista era de 110 mil toneladas, até agora já foram produzidos 65 mil toneladas, o equivalente a 60% da  das previsões iniciais.

“O mesmo acontece com a produção do etanol, temos previsão de 19 milhões de litros até ao final do ano e já se produziram 9 milhões 360 mil litros (48%)”.

Já sobre a exportação de energia elétrica, neste momento a empresa vai a já em 62% dos números previstos.

error: Content is protected !!