80% da dívida da tAAg é em favor do Estado

A TAAG, companhia aérea angolana, deve um total de 1, 2 mil milhões de dólares ao estado, provenientes da compra de combustíveis e da aquisição de novas aeronaves, revelou o presidente da Comissão executiva das Linhas Aéreas de Angola –tAAg, rui Carreira

Segundo o responsável, que falou ontem à imprensa, a dívida das TAAG para com o Estado é muito maior do que a dívida aos fornecedores.

Avançou ainda que a referida dívida representa 80% do total e foi somada com a compra de combustíveis e na aquisição de novas aeronaves. Apesar disso, esclareceu que, por meio de um Decreto Presidencial publicado no ano passado, foi orientado que a referida dívida fosse transformada em capital, de maneira a deixar as contas equilibradas e a TAAG ficar com melhor exposição face ao capital privado.

Rui Carreira disse ainda que a crise económica, que se perpetua desde 2014, tem influenciado o tecido empresarial e o sector da aviação não fica de fora. Por isso, referiu que actualmente a falta de divisas tem sido uma das principais dificuldades da empresa, tendo em conta que 80% dos equipamentos da companhia aérea são adquiridos fora do país, sem esquecer que até fornecedores locais também estipulam os preços em moeda estrangeira (Dólar) o que dificulta a situação.

Por outro lado, a questão dos recursos humanos, tratada de forma menos criteriosa, é também apontada como outras das dificuldades da companhia nacional. Atendendo à questão da privatização, avançou que neste momento, e com o montante de dívida existente, a TAAG está a prepararse para ser uma empresa apetecível a investidores privados, pois acredita que, com a situação actual, não há privados que queiram comprar empresas com dívidas, mas sim comprar uma empresa que tenha equilíbrio financeiro. Por outro lado, esclareceu que a TAAG mudou também a estratégia de comercialização que era feita de ponto a ponto na origem e destino e passou a ser feita em rede, com vários voos de conexão, o que tem dado muito sucesso.

leave a reply