O Editorial: O perigo da ignorância

Jornal OPaís edição 1573 de 22/08/2019

Mata. Sim, é sabido: a ignorância mata. E voltou a matar no Huambo. Dois homens adultos espancaram até à morte uma idosa de cento e dez anos, acusaram-na de feitiçaria, de ser culpada das desgraças nas suas respectivas vidas. Gente tão ignorante só pode mesmo viver de desgraça em desgraça, como a que arranjaram agora, detidos e, seguramente, condenados. O caminho, além das melhores condições materiais ou económicas dos cidadãos, para nos livrarmos da ignorância assassina, é mesmo a instrução, a educação. Há que apostar tudo aí, não apenas para termos melhores trabalhadores, quadros qualifi cados, mas sobretudo para termos melhores seres humanos, pessoas deste tempo.

error: Content is protected !!