o editorial:Calenga que veio das calendas

Jornal OPaís edição 1574 de 23/08/2019

O que o povo quer é comida, não interessa a espessura da casca da batata ou da cenoura. Sim, isto é verdade, mas nesta fase de aperto. Porém, o Governo tem a obrigação de olhar para esta fase e também para o futuro. Foi olhando para o futuro que se construiu o Entreposto Logístico da Calenga, numa altura em que a comuna se tornou famosa pela sua produção agrária, há mais de dez anos. de 2014 para cá a infra-estrutura esteve inoperante, por falta de energia eléctrica e também por falta de vontade de quem decidia, diga-se. A hora é de aperto, mas para um país que se abre ao comércio externo, se quer exportar, tem de ter como conservar, calibrar e escoar. Por isso sabe bem que o entreposto da Calenga está vivo, e há que saudar quem o decidiu na altura. Houve visão. Sobretudo pelo seu posicionamento estratégico.

error: Content is protected !!