Está tudo bem?

A pergunta é para saber se os estudos foram concluídos, se temos já bases sólidas e também, se assim não for, para saber da saúde mental de quem decide que agora Angola vai avançar para o Acordo Ortográfi co. É verdade que não temos.produção gráfi ca ou literária, nem tecnológica, que nos permitam continuar sozinhos, mas é também verdade que os que avançaram estão a pensar seriamente em recuar. Ou seja, de se juntarem a nós. Nunca houve uma discussão séria sobre o acordo ortográfi co e as suas implicações sociais, mais ainda se partirmos dos níveis de instrução que o nosso povo tem. Mais uma vez, os políticos querem nos impingir uma decisão sobre a qual não dialogam com a sociedade. A nós!, que já estamos a pagar dolorosamente a factura de outras brincadeiras… Bem, o bom é que muita gente irá recusar escrever segundo o famigerado acordo ortográfi co,

error: Content is protected !!