O editorial: Fantasmas da luta

Seria muito bom se Angola estivesse a pagar todos os meses milhões aos verdadeiros antigos combatentes, o país deve-lhes muito. o que está a acontecer é que há por toda a parte do país falsários de toda a espécie a receber dinheiro, de pensões fictivas, quando milhares de antigos combatentes passam por dificuldades imensas. Se há onde caçar fantasmas em Angola, esta é seguramente uma das mais proliferas coutadas. o problema no entanto, não é desmascar os prevaricadores, isso será feito, mas não chega e é de temer que nem todos ou mesmo nenhum seja punido. Se fosse para penalizar sem dó os falsários, isso sim, seria muito bem bem feito.

error: Content is protected !!