O editorial: Fogos na FAO

As autoridades angolanas estão a efectuar diligências junto da organização das nações unidas. no sector Alimentação e Agricultura (FAo), com vista a beneficiar de apoio aos programas de controlo e gestão de queimadas no país. Esta notícia da Angop é boa. o bom da notícia não é pelo facto de haver incêndios em Angola ou por o país se ver forçado a solicitar algum tipo de ajuda, mas por, fi nalmente, as autoridades angolanas começarem a reconhecer o problema e a necessidade de o enfrentar, em nome das próximas gerações e de uma agricultura sustentável. Só que, não se pode ter um discurso interno e outro lá fora. pois sim, que venha a ajuda, para promover novas formas de caça, de renovação dos pastos e de preparação das terras. Há que educar o campo também.

error: Content is protected !!