Abusos nas bombas de Combustível

Estimado director, Boa semana laboral com muita saúde e paz. Paz essa que não se vive aos fins-de-semana em algumas bombas de combustíveis em luanda. Os postos de abastecimento da avenida Comandante Fidel de Castro, junto ao instituto de Ciências Policiais e da urbanização nova vida, concretamente da Sonangol e Pumangol, são autênticos maus exemplos do título desta carta. Às sextas, sábados e domingos, jovens vindos de festas e outro tipo de convívios que só fazem lembrar o diabo, cometem das suas deixando irritada gente de bem.

Consomem bebidas, fumam liamba e outras drogas pesadas. Param os carros como lhes dá na gana, provocando brigas às vezes entre eles. neste bando de maleducados estão meninas que desprestigiam a dignidade das mulheres. deixam-se levar pelos namoricos desrespeitosos com trajes terríveis mostrando pernas ancas e seios.

Oh meu deus! A gerência das bombas e a protecção física (PF) impávidos e serenos assistindo ao filme de abusos num grande atentado ao respeito público que todos merecemos. Junto à bomba do instituto conversei com um PF , Ex-FAPlA, que só ganha 23 mil kwanzas. Ele lamentou profundamente o que tem acontecido e criticou a gerência por não conseguir pôr ordem. Há dias que tem que manter a calma e aceitarem o que assistem para não dar azo a vandalismos. no momento em que falávamos estavam jovens consumindo cervejas em lata e em garrafa sentados por cima das arcas do posto de abastecimento. um dos carros desta malta mal estacionado a impedir a entrada e saída de viaturas.

O condutor dizia que não podia estacionar melhor porque estava bêbado. Só visto….. Até quando?… quanto tempo teremos de aguardar para sentirmos de facto que estamos a viver num pais normal? É preciso medidas drásticas para acabar com a bagunça e vandalismo que ferem diariamente os nossos olhos e corações. Obrigado Excelentíssimo director. Fica na paz de Cristo. Abraço! Alves de Jesus

error: Content is protected !!