o editorial:O cesto está roto

Jornal OPaís edição 1585 de 03/09/2019

Definitivamente, o basquetebol angolano está em decadência. O caminho agora será sempre a descer, até se refazer tudo outra vez. Era de esperar, o país deixou-se fi car por dois ou três clubes e por duas ou três províncias a praticar a modalidade com alguma seriedade. O centralismo de Luanda acabou com a modalidade.

Os resultados no Mundial da China, que ainda decorre, confirmam a perda da hegemonia no continente. não é o treinador e muito menos os atletas, é do país, é do desporto nacional.

O Andebol precisa apenas de um abalo no Petro ou no Primeiro de Agosto para vir cá abaixo também. É preciso começar outra vez, pelas escolas, pelos bairros, pela noção de país, pela despolitização do desporto. E, se assim for feito, talvez daqui a dez anos.

error: Content is protected !!