“Moda Bengo” movimenta cidade com desfile de trajes africanos

O evento, que vai na sua 7ª edição, realizado na cidade de Caxito, tem como objectivo promover o trabalho dos fazedores de arte, a produção nacional, bem como contribuir na expansão e internacionalização das obras

A gala da 7ª edição do evento “Moda Bengo”, que reúne cerca de dez estilistas e 30 modelos, é realizado hoje, às 20 horas, no Cine Teatro Caxito, naquela província. O evento, que decorrerá sob o lema “Nossa terra”, promovido pelo estilista Ozias Gunza, vai ilustrar trajes africanos, ocidentais e criações mistas, bem como roupas remodeladas.

As vestes são criadas por estilistas angolanos, nomeadamente Agostinho Kassange, Mutunda Jaime, Costa Cuia, Suzana Martis, Núria Fuxi, Démone Kipresta, Rosimeure Meure e a criadora cubana Maria Margarita. O evento de moda tem como objectivo promover o trabalho dos fazedores de arte, valorizar a produção nacional, assim como contribuir na expansão e internacionalização das mesmas.

De acordo com o porta-voz do evento, Flávio Kianga, pretendese, com a realização do evento, proporcionar o convívio entre os fazedores da moda, como os estilistas, agências de moda, modelos e os fashion designer’s. “Queremos, com o evento, criar espaços de apresentação das criações, entreter e reconhecer todos os que se revêem na moda angolana”, observou

Flávio Kianga realçou que para além dos estilistas provenientes das outras províncias do país, o evento tem sido aderido maioritariamente por jovens criadores do Bengo, que enaltecem a iniciativa. Avançou que o mesmo é tido como um dos maiores eventos de moda a nível da província.

“Os estilistas têm aderido com muita frequência porque é o único na província que contribui para a expansão das suas obras e serviços. Em suma, podemos dizer que tem sido uma mais-valia para o público no geral”, contou. Quanto ao lema do evento “Nossa Terra”, explicou que pretendem dar maior relevância na divulgação da produção nacional, em especial a nível da província. Por essa razão, convidou os empresários e pessoas conhecedoras da moda a darem o seu contributo, por observar que eventos do género “geram receitas e emprego para os angolanos, em particular, e, consequentemente, contribui para a economia nacional”. Por sua vez, a estilista artesanal Maria Margarita, que vive na cidade de Caxito há mais de cinco anos, vai apresentar vários trajes, como roupas de praia, vestidos de noite e peças africanas feitas com linha de croché.

A criadora, que participa no evento pela segunda vez, referiu que o mesmo tem permitido a ilustração das suas obras, bem como efectuar intercâmbios. “O Moda Bengo é um dos poucos eventos que nos dá a possibilidade de apresentar as nossas criações e nos mostra que podemos inovar o nosso trabalho todos os dias. Por isso, encorajamos a organização para a sua continuidade”, apelou.

Animação musical

O evento, com duração de duas horas, será animado pelos músicos J. Belo, Hamilton Piedade, Guigas o Drákula, Os Ana Ndaje, Tribal de Toques, Galático, Wiltsha, com destaque para a dupla YoBass.

error: Content is protected !!