UNITA leva jornadas parlamentares ao Sul de Angola

O Grupo Parlamentar da UNITA anunciou ontem, em Luanda, que vai realizar de 9 a 14 deste mês as suas VIII Jornadas Parlamentares nas províncias da Huíla e do Cunene

Por:Maria Custódia

A abertura oficial das jornadas será feita no dia 9, no Lubango, capital da província da Huíla, pelo presidente da UNITA, Isaías Samakuva, e vai decorrer sob o lema” Grupo Parlamentar da UNITA, por uma Cidadania Participativa, Governação Transparente para Desenvolver as Comunidades”. A realização destas jornadas nestas regiões, segundo Adalberto Costa, pretende trazer um debate sobre a actual situação daquelas comunidades com os deputados, especialistas na matéria, a sociedade e as instituições, para procurar identificar eventuais soluções que possam responder ao sofrimento extraordinário em que se encontram as populações.

Considerou que qualquer apoio humanitário que se possa levar a estas províncias não é solução para a problemática da emergência. “Há uma responsabilidade assente em quem governa em encontrar respostas imediatas, de médio e longo prazo”, apontou o deputado. Durante as jornadas, haverá conferências e debates, e serão abordados temas como o “Poder Local Como Factor de Inclusão Social e de Desenvolvimento das Comunidades”, “ Experiência do Desenvolvimento das Comunidades Locais de Caboverde” , “Pequenas Iniciativas Locais para Mitigar a Crise da Seca e Fome no Sul do país” e outros.

Na província do Cunene, os deputados da UNITA vão doar alguns alimentos às comunidades afectadas gravemente pela seca, consubstanciados em milho, óleo, sal, peixe seco e fuba de milho. Dívida Por outro lado, Adalberto da Costa Júnior deplorou o facto de os grupos parlamentares estarem há sete meses sem o subsídio a que têm direito na Assembleia Nacional, realçando que tal facto tem criado embaraços para o normal funcionamento da sua bancada. Referiu-se também ao facto de os deputados não poderem fiscalizar as acções do Governo, decorrente de um acórdão do Tribunal Constitucional publicado em 2013.

error: Content is protected !!