Incêndio em cabine no Kilamba causa prejuizos de mais de USD um milhão

Em mais de um milhão de dólares norte-americanos estão avaliados os prejuízos causados por um incêndio ateado na madrugada de Quinta-feira, por desconhecidos, numa cabine de seccionamento de energia eléctrica, na parte norte da Centralidade do Kilamba, município de Belas, em Luanda

O equipamento de média tensão da Empresa de Distribuição de Eletricidade (ENDE) alimentava uma subestação da Empresa de Distribuição de Água de Luanda (EPAL) que abastece a mais de 20 mil apartamentos. Em declarações à Angop, o porta-voz da ENDE, Pedro Pinto Bila, disse que, por este facto, os equipamentos da EPAL estão a funcionar com um grupo de geradores, como fonte alternativa. Um dos objectivos dos assaltantes, segundo Pedro Bila, era roubar os cabos de condução de cobre, objectivo que não foi concretizado. “Como as linhas estavam sob tensão, os malfeitores destruíram as calhas onde passavam os cabos, ateando fogo, tendo queimado todo o equipamento avaliado em mais de um milhão de dólares”, explicou. O responsável adiantou que o material danificado é escasso no país, por isto não avançou prazos para a sua substituição. Este ano, uma acção do gênero foi registada, em Junho, no mesmo bairro, quando desconhecidos roubaram 30 metros de fios de cobre, deixando a centralidade sem electricidade durante mais de quatro horas.

error: Content is protected !!