Basquetebol/Mundial2019: Angola deixa escapar vitória frente à Tunísia

Caso vença esta manhã a Tunísia de Mário Palma, às 9:00 (hora de Angola), no Campeonato do Mundo que decorre na China, o combinado angolano garante presença no torneio pré-olímpico de acesso aos Jogos Olímpicos de Tóquio de 2020

A selecção nacional sénior masculina de basquetebol podia bem obter a segunda vitória no Campeonato do Mundo, que decorre na China, mas neste domingo, deixou escapa-la mesmo na ponta final do jogo em que perdeu frente à Tunísia, por escassos dois pontos (84-86).

Após uma primeira parte menos conseguida, onde perdeu por 37-52, o combinado nacional iniciou em seguida uma recuperação impedindo o adversário de marcar qualquer ponto nos cinco primeiros minutos do terceiro quarto (10-0), mas foi na etapa final que fez por merecer a vitória não conseguida.

A jogar contra atletas de maior altura e melhor porte físico e sob liderança do luso Mário Palma, conhecedor profundo do basquetebol angolano, ainda assim os campeões africanos igualaram pela primeira vez a partida em 67-67, sendo que a partir daí registou-se alternância no marcador.

Esta melhor etapa de Angola deveu-se a uma melhor interpretação das acções defensivas e ofensivas, com Yanick Moreira, Gelson Domingo, Carlos Morais e Valdelício Joaquim a serem as melhores unidades.

A ponta final foi tão equilibrada que o combinado nacional passou à frente pela primeira vez 72-71, mas uma desatenção defensiva permitiu que os tunisinos voltassem a liderar o marcador.

Quando faltavam 42 segundos para o fim da partida, com o resultado em 82-83 favoráveis aos árabes, Carlos Morais falhou o ataque decisivo. Angola ainda marcou dois pontos, mais um triplo do oponente fixou o resultado em 84-86, ou seja, em dois pontos de diferença.

Eduardo Mingas e Hermenegildo Mbunga não foram utilizados, enquanto Olímpio Cipriano José António e Jaques Conceição estiveram menos tempo na quadra.

Com esta derrota, a quarta na competição, Angola depende de terceiros para saber se disputa o pré-olímpico, estando definitivamente gorada a possibilidade de apuramento directo aos Jogos Olímpicos de Tóquio (Japão), em 2020.

A Nigéria, que joga igualmente hoje com a China, e o Senegal, segunda-feira com a Jordânia, sãos as selecções africanas em boa posição para disputarem o próximo torneio de qualificação aos jogos de Tóquio, no qual estarão também representantes da Europa, Ásia, América e Oceânia que não conseguirem acesso directo.

Neste Campeonato do Mundo Angola perdeu com a Sérvia (59-105) com a Itália (61-92), com o Irão (62-71) e hoje voltou a ser derrotada pela Tunísia (84-86). O único triunfo foi contra as Filipinas (86-84).

Equipas:

Angola: Gerson Domingo (19), Gerson Gonçalves (04), Reggie Moore (03), Yanick Moreira (21), José António (04), Olímpio Cipriano(00), Jaques Conceição (00), Hermenegildo Mbunga (00), Eduardo Mingas (00), Leonel Paulo (07), Valdelício Joaquim (16) e Carlos Morais (10).

Tunísia: Omar Abada (09), Mohamed Abbassi (00), Makram Romdhane (20), Ziyed Chennoufi (02), Mourad Mabrouk (13), Mokhtar Ghyaza (06), Mohamed Hadidane (03), Nizar Knioua (00), Salah Mejri (18), Omar Mouhli (00), Michael Roll (21) e Radhoune Slimane (00).

O melhor cestinha de Angola foi Yanick Moreira (21 pontos), nove roubos de bolas, uma assistência e duas recuperações de bolas. Pela Tunísia foi melhor marcador Michael Roll (21).

error: Content is protected !!