Carlos Morais assume falhas do cinco angolano no Mundial da China

O extremo da Selecção Nacional Carlos Morais assumiu o fracasso de Angola no Mundial de basquetebol que decorre na China. Em declarações à imprensa, o jogador do Petro de Luanda admitiu que podiam fazer melhor, mas não foi possível. Carlos Morais reconheceu que os erros cometidos no Mundial devem ser analisados como lições. Por esta razão, é imperioso analisar as falhas e criar condições para se melhorar nos próximos anos. O internacional angolano, que podendera continuar na Selecção Nacional, em poucas palavras disse que jogaram sem raça. Carlos Morais, MVP do Afrobasket 2013 em Abidjan, na Côte d’Ivoire, tem sido um dos atletas importantes na manobra ofensiva da Selecção Nacional. O extremo sagrou-se campeão com a camisola do Petro de Luanda do Campeonato Nacional 2018/2019

error: Content is protected !!