Mil visitantes passaram pelo pavilhão de Angola no Fórum de Budapeste

Pelo menos 1000 visitantes terão passado pelo pavilhão de Angola no Fórum Mundial das telecomunicações que decorre em Budapeste, Hungria no âmbito das comemorações do dia do país no evento

Destaque do dia, além do número anunciado, foi a visita do secretário-geral da UIT (União Internacional das Telecomunicações) Houlin Zhao, que passou pelo pavilhão de Angola tal como previsto, no âmbito do “Spotlight Angola Day”, e abordou a cooperação entre esta organização e o Governo angolano, com acento tónico na facilitação da transformação digital no país e no acesso ao “big date” e uma Internet cada vez mais veloz. António de Sousa, do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa do Ministério das Telecomunicações e Tecnologias de Informação, disse que a ocasião foi aproveitada para mostrar os projectos na área espacial, a rede de fibra óptica e os cabos submarinos do país como oportunidades para facilitar a interligação à rede mundial de países encravados no interior do continente africano. Angola mostra ainda as oportunidades de investimento no sector das Telecomunicações, assim como, coloca nota de destaque nas paisagens do país como forma de promover a imagem e atrair potenciais investidores no sector das tecnologias de informação e comunicação.

Catorze empresas operadoras do sector, maioritariamente privadas, aproveitaram igualmente o dia de Angola para interagir com outros operadores mundiais do ramo, incluindo a gigante chinesa Huawei. Três pilares guiam o certame de Budapeste, nomeadamente, inovação, infraestruturas e investimento. No encontro com o director do Smart África, Angola manifestou o desejo de organizar proximamente o fórum da inovação e transformação digital africana em Luanda.

error: Content is protected !!