Tribunal diz que documentos retirados por Zé Maria do SISM custaram mais de USD 2 milhões ao Estado

Tribunal diz que documentos retirados por Zé Maria do SISM custaram mais de USD 2 milhões ao Estado

Os documentos sobre a batalha do Cuito Cuanavale retirados pelo antigo de chefe do Serviço de Inteligência e Segurança Militar (SISM), general Zé Maria, da sede dessa instituição foram adquiridos pelo Estado ao preço de 2 milhões, 486 mil e 478 dólares americanos . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta