O editorial:Um imbróglio ambiental

Jornal OPaís edição 1597 de 15/09/2019

O Ministério do Ambiente passou uma licença a autorizar a construção de uma fábrica de fertilizantes em Benguela, numa zona urbana, mas a promotora diz que não se trata de uma fábrica e sim de uma unidade misturadora, não poluente. Os benguelenses é que não estão pelos ajustes e não querem a fábrica no local.

A comunidade diz que não foi ouvida no processo de decisão para a instalação do empreendimento, o grupo promotor, que tem a obra quase finalizada, diz que agora quer que seja ouvida a sociedade e que tem pressionado para que o Ministério do Ambiente promova a auscultação, mas esta entidade do Governo assobia para o lado. E o povo diz que pouco adianta agora porque a fábrica, ou misturadora, já está instalada. E um juiz tem de decidir sobre tudo isso. Aguardemos

error: Content is protected !!