Roadshow de apresentação do potencial mineiro angolano prossegue hoje na China

Beijing, capital da China, acolhe, hoje, a terceira apresentação técnica do potencial das cinco concessões mineiras que o Estado angolano coloca este ano (2019) em concurso público. O evento foi aberto pelo embaixador angolano na China, João dos

Depois de Dubai, onde esteve para o mesmo efeito a 10 deste mês, a delegação chefiada por Mankenda Ambroise, consultor do ministro dos Recursos Minerais e Petróleos (MIREMPET), encontra- se na China, onde manteve já encontros de trabalho com o embaixador angolano acreditado naquele país.

Para esta Segunda-feira a delegação angolana tem encontros com a direcção-geral da empresa CITIC Construtions, uma filial da gigante chinesa CITIC Group Corporation, que actua em Angola no domínio da construção, exploração de recursos minerais e levantamento geológico, no âmbito do Planageo (plano nacional de geologia). A CITIC actua em todos os continentes em áreas como matérias-primas metalúrgicas, produtos metalúrgicos, investimento em mineração, construção, entre outros.

O grupo Citic Construtions, com largos investimentos em mineração na RDC, “gostaria de aproveitar a linha férrea de Benguela e o Porto do Lobito para efectuar o transporte dos produtos minerais daquele país vizinho e ainda cooperar com Angola em construção de infra-estruturas de energia e minas”. As palavras são de Tao Yang, director-geral da CITIC Constrution, que prometeu encaminhar a intenção às autoridades competentes angolanas.

Nesta empreitada de mostrar aos empresários e investidores chineses as informações sobre o potencial das concessões mineiras de Cácata e Lucunga (fosfatos), Camafuca-Camazambo e Tchitengo (diamantes) e Kassala Kitungo (ferro), a equipa do MIREMPET conta com o apoio da embaixada de Angola e da Citic Construtions que têm estado a mobilizar os seus “parceiros” à actividade que tem lugar no hotel Hilton de Beijing. Depois de Pequim, a equipa do MIREMPET desloca-se, para o mesmo efeito, a Londres (20 Setembro), culminando a 30 deste mes na cidade norte-americana de Nova Yorque.

O concurso público para adjudicação das licenças de exploração das cinco minas que são apresentadas na presente jornada é aberto oficialmente no dia 7 de Outubro de 2019, em Luanda. A adjudicação das minas para exploração pelo sector privado é umas das várias acções gizadas pelo Executivo com o propósito de maximizar o uso dos recursos do país pela via da disponibilização de recursos, mas também criação de postos de trabalho para absorção da mão-de-obra abundantemente disponível no país, que, segundo o ultimo senso, é uma significativa franja de jovens em idade produtiva e carente de oportunidades de emprego.

error: Content is protected !!