Johnson tenta acordo para o Brexit em almoço com Juncker em Luxemburgo

 

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, vai explorar as chances de conseguir um acordo para a saída do Reino Unido da União Europeia durante almoço com o chefe da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, nesta Segundafeira, depois de um fim-de-semana em que ambos sugeriram que as suas posições permanecem distantes

Com menos de sete semanas para o Brexit, Johnson ainda não chegou a um acordo com a UE sobre como gerir a separação entre a quinta maior economia do mundo e o seu maior parceiro comercial. O primeiro-ministro disse no Domingo que ainda estava a tentar um acordo antes do dia do divórcio, a 31 de Outubro, e que os próximos dias serão decisivos para saber se ele vai conseguir. “Acredito apaixonadamente que podemos conseguir, e acredito que esse acordo é do interesse não apenas do Reino Unido, mas também dos nossos amigos europeus”, escreveu Johnson no jornal Daily Telegraph.

O futuro da fronteira terrestre entre a Irlanda, membro da UE, e a província britânica da Irlanda do Norte é a questão central de desacordo entre Johnson e a UE, e também entre Johnson e os parlamentares britânicos. O Parlamento britânico rejeitou três vezes um acordo negociado pela antecessora de Johnson, Theresa May, que incluía o chamado mecanismo de salvaguarda para manter a fronteira irlandesa aberta. Johnson encontrar-se-á com Juncker no Luxemburgo nesta Segunda-feira para discutir a proposta de um acordo revisto que ele espera que seja acordado na cúpula dos líderes da UE nos dias 17 e 18 de Outubro

error: Content is protected !!