Quatro mortos em naufrágio de embarcação com turistas no Senegal

O acidente aconteceu às 20h00 locais (mesma hora em Luanda) de Segundafeira e tratava-se de uma “excursão de turistas que iam para as ilhas de Madalena”, disse esta Terça-feira o comandante Michel Diatta, encarregado das primeiras operações de resgate, citado pelos meios de comunicação locais.

Quatro pessoas morreram na Segundafeira num naufrágio de uma embarcação que transportava 39 turistas de várias nacionalidades nas ilhas de Madalena, a menos de três quilómetros da capital senegalesa, Dakar, divulgaram os serviços de resgate esta Terça-feira. O acidente aconteceu às 20h00 locais (mesma hora em Luanda) de Segunda-feira e tratava-se de uma “excursão de turistas que iam para as ilhas de Madalena”, disse esta Terça-feira o comandante Michel Diatta, encarregado das primeiras operações de resgate, citado pelos meios de comunicação locais. Do total de passageiros, conseguiram sobreviver 35, dos quais 24 eram senegaleses, seis franceses, dois alemães, dois suecos e um cidadão da Guiné-Bissau. A nacionalidade das vítimas mortais não foi ainda divulgada. A embarcação virou-se devido à intensidade do vento e da chuva, o que dificultou também o resgate dos sobreviventes, segundo o comandante. As ilhas de Madalena são compostas por duas ilhas de 50 hectares, desabitadas, que têm uma grande variedade de fauna e vestígios arqueológicos do período préhistórico. As ilhas albergam ainda o parque nacional mais pequeno do mundo, que atrai muitos turistas.

error: Content is protected !!