Empresa gestora dos multicaixa apela a utentes a evitarem ajuda de estranhos

A EMIS-Empresa Interbancária de Serviços SA alerta a todos os utentes dos seus terminais de pagamento automático, vulgo multi-caixas, a evitarem a aparente “generosidade” de supostos samaritanos que se oferecem a ajudar em transações nos terminais. Segundo a empresa, muitos destes aparentes generosos são na verdade “meliantes, que se aproximam a oferecer ajuda a quem está a utilizar o caixa automático” com a finalidade de consumar “furto de cartões e dos códigos secretos (PIN)”. Em nota distribuída ontem, a Emis comunica que tais “meliantes”, quando se oferecem a ajudar pretendem, na verdade, trocar o cartão do utente por outro do mesmo banco e apoderar- se do código.

Acto contínuo, depois de consumada a troca, incentivam os utentes a realizar a operação com o propósito de verem o falso cartão capturado pela máquina depois de esgotadas as habituais três tentativas de inserção do código. A seguir, e porque já em posse do código, enquanto o utente retira-se para buscar solução pelo método presencial em agências dos seus bancos, tais marginais realizam movimentos chegando a esvaziar os legítimos donos das suas poupanças, via de regra, sem possibilidade de reverter a situação.

Assim, a Emis “aconselha” a nunca aceitar ajuda para fazer transacções no multi-caixa e em caso de ocorrência de situações suspeitas a ligar imediatamente para os contactos telefónicos 222 641 840 ou 923 168 840 ou a deslocar-se imediatamente ao “seu banco para solicitar o cancelamento do cartão”. A Emis recomenda ainda aos utentes a “verificarem“ que não há pessoas estranhas à sua volta e adoptarem procedimentos para a protecção do PIN, sempre que pretenderem utilizar os terminais de pagamento automático.

leave a reply