Composição de Constantino leva ao pódio Diana Kabango no Festival da LAC

A letra da música “amor se paga com amor” composta por Constantino sagrou-se vencedora da XXII edição do Festival da Canção de Luanda.

Antónia Gonçalo

Interpretada por Diana Kabango, a música destacou- se entre as demais canções oponentes, pela sua produção, voz e a capacidade que a artista teve ao transmitir a mensagem, relacionada à reciprocidade do amor. O evento enquadrou- se nas actividades desenvolvidas à margem da Bienal de Luanda: Fórum Pan-Africano, que hoje encerra.

Assim, a música “Amor se paga com amor” de Constantino, interpretada por Diana Kabango, foi a grande vencedora da presente edição do Festival da Canção de Luanda, realizado na Sexta-feira, às 21 horas, no Clube Naval da Ilha de Luanda, sob a égide da Rádio Luanda Antena Comercial (LAC). Constantino, autor da música, disse que a sua composição teve como base o amor, a entrega, o respeito ao próximo e a importância das boas práticas, que segundo ele, geram boas acções. Além desta, uma das suas canções

“A vida tem dessas coisas”, interpretada neste evento por Heróide dos Prazeres, foi distinguida como a “Melhor Produção”. O compositor realçou que a conquista acresce as suas responsabilidades como artista e vê-o como um incentivo para a continuação do seu trabalho. “As pessoas agora vão cobrar, vão querer saber o que vem depois deste trabalho. Na verdade tenho já alguns para o próximo e vou continuar a fazer aquilo que gosto, com amor, acima de tudo”, contou.

A canção que se destacou entre as nove, pela entrega da artista Diana Kabango, que soube interpretar e transmitir ao corpo de jurado a sua mensagem, relacionada com o amor, valeu-lhe o prémio de “Interprete Vencedora”.

Empolgada, disse ser merecedora da conquista, pelo trabalho árduo que tem feito. ”São muitos anos a cantar e a ensaiar para chegar a este momento. Isso para mim tem muito significado. Muitos não notaram, mas não estou bem de saúde e mesmo assim tudo fiz para estar aqui e fazer o que muito gosto”, enfatizou.

Outras distinções

Neste evento que contou com a participação de dez intérpretes, foram ainda distinguidos o grupo Templo Six, na categoria de “Melhor Voz” e “LAC Auditório”, com a música “Angola”, de Miro Kawíssi. A segunda distinção foi decidida pelos ouvintes, durante as eliminatórias que teve início a 20 de Agosto do corrente ano. Já na categoria de “Melhor Letra” foi vencedor o compositor e interprete Yoxí, com a canção “Descompassados”.

Nesta edição, diferente das anteriores, os artistas foram acompanhados por uma banda, que através de vários instrumentos musicais como piano, guitarra, bateria, violino, violoncelo e percussão fizeram a festa acontecer. Por sua vez, a escolha dos que mais se destacaram nesta edição do festival esteve a cargo do júri composto por Manuel Gonçalves, Niki Menezes, Lito Costa, Upale Mónica e pela cantora Anabela Aya.

 

leave a reply