Carta do leitor: Impunidade e sobrevivência

Por: Francisco Quata
Luanda

Caro director,

Há lições que o nosso Governo tem de aprender para não passar vergonha só assim. Por exemplo, falo dos táxis. vieram com a Operação Resgate, porque iam disciplinar os táxis e mais bocas, mas tudo continua igual, os taxistas fazem o que bem lhes apetece na via.

Isto tudo só acontece porque os taxistas sabem que são intocáveis. Eles continuam a pagar a gasosa aos polícias e também sabem que sem eles o país pára. Porque o Governo anunciou medidas antes de criar as condições para o plano B.

Acho que em muitas outras coisas o Governo tem de pensar e ter soluções antes de proibir e de falar só para alegrar os povos. Nas escolas, já que a maioria dos angolanos estuda nos colégios, os preços só sobem.

O pão também subiu, como todos os outros produtos alimentares. Não sei como vai ser o Natal este ano.

Mas o que me espanta mesmo DR é a forma como o Governo está a perder a luta nas ruas, com a realidade do povo, porque os taxistas continuam a brincar e as zungueiras a vender. Uns vão dizer que continua a impunidade, mas eu acho que continua a luta pela sobrevivência e que o Estado não se preveniu, porque as pessoas precisam de se deslocar e de comer.

error: Content is protected !!