Pastor detido por ocultação de cadáver no Zaire

Um pastor da igreja “Cura Espiritual”, no Zaire, foi detido ontem pela Polícia Nacional de angola, em coordenação do Serviço de investigação Criminal, acusado de homicídio e ocultação de cadáver

A Polícia Nacional confirmou a detenção do pastor, no município do Mbanza Kongo, quando o acusado teria internado na sua igreja “Cura Espiritual” um dos fiéis, com o pretexto da cura de uma doença denominada “tala”, que veio a falecer dias depois.

Na sequência, segundo a Polícia, o acusado e o motorista foram detidos em flagrante quando pretendiam transportar o cadáver para um lugar incerto no interior de uma viatura fazendo-o passar como passageiro. O director do gabinete de comunicação da PN na província do Zaire, inspector-chefe Luís Bernardo, em entrevista ao NovoJornal, confirmou ainda a detenção, para além do pastor, de alguns crentes.

“O homicídio do homem, que residia no município de Mbanza Kongo, terá acontecido no dia 20 deste mês e os restos mortais da vítima, que não possuía qualquer elemento identificativo, foram encontrados no interior de uma viatura, quando o suposto pastor pretendia desfazer- se do cadáver sem o conhecimento dos familiares”, disse. Luís Bernardo disse ainda que o suspeito, durante os interrogatórios, alegou que a vítima padecia de muitas enfermidades sobretudo “espirituais”. “Ele (o pastor) alegou que a vítima procurou os seus serviços na igreja quando já se encontrava num estado muito critico.

No momento em que estava a ser interrogado, argumentou ainda que a sua seita religiosa recebeu a vítima porque tem feito trabalhos do género para salvar muitas vidas”, explicou, salientando que o cadáver foi levado para a morgue do hospital do município de Mbanza Kongo, onde será submetido a uma autópsia para aferir as reais causas da morte. Neste momento correm os trâmites legais, junto do magistrado do Ministério Público (MP), para que os acusados sejam responsabilizados criminalmente.

error: Content is protected !!