MPLA quer maior empenho de dirigentes nas autarquias

A primeira secretária em exercício do MPLA na província do Cunene, Jardina Didalelwa, pediu ontem, Sábado, em Ondjiva, maior desempenho dos dirigentes e quadros para estarem à altura de enfrentar as autarquias em 2020.

“Os dirigentes e quadros devem ser os principais impulsionadores e mensageiros da visão das orientações aos militantes do partido”, reforçou a responsável, durante o seminário de capacitação dos formadores e conferencistas da rede provincial do MPLA realizado ontem em Ondjiva. Para ela, os militantes devem estar vigilantes e acompanhar a dinâmica dos novos desafios e seguir as orientações para a defesa dos ideiais e contribuírem na estabilidade política e social que se reflecte no bem-estar do cidadão angolano.

Explicou que a formação política e ideológica contribui para afirmação dos valores da identidade partidária, traduzida nos princípios democráticos, liberdade, tolerância e na unidade do colectivo. Jardina Didalelwa referiu que com as transformações económicas e sociais em curso no país, é essencial elevar os conhecimentos políticos dos dirigentes para o fortalecimento das estruturas de base. Durante a acção formativa com duração de algumas horas, os participantes abordaram temas relacionados com o programa e estatuto do MPLA, socialismo democrático, liderança política, ética na administração pública, ética política e disciplina partidária e regulamento geral das organizações de base.

Angop

error: Content is protected !!