Cidade do Lubango inaugura transporte público urbano

A província da Huíla recebeu do Ministério dos Transportes um total de 25 autocarros na tarde desta Terça-feira. Para já, operam apenas seis, em três linhas, e o bilhete custa 100 kwanzas

Por:João Katombela, na Huíla

O acto de entrega destes meios rolantes inseriu- se no âmbito do programa do Governo angolano, em parceria com uma empresa de direito privado brasileiro, denominado Programa de Transporte Público Urbano Regular. Numa primeira fase, já se encontram em operação, desde as primeira horas de ontem (Terça- feira), 6 autocarros, que circulam em três rotas estabelecidas pelo Governo Provincial da Huíla, através do Gabinete dos Transportes. Segundo a directora do Gabinete Provincial dos Transportes e Mobilidade Urbana, para o acesso ao autocarros, cada passageiro pagará o valor de Akz 100.

Gracinda Gonçalves explicou que a entrada em circulação dos 6 autocarros, vai minimizar as dificuldades que os habitantes do município do Lubango enfrentavam no seu dia-a-dia no processo de locomoção. “Hoje é um dia especial para os Lubanguenses, porque começamos com a implementação do Transporte Público Urbano Regular de passageiros. No passado não tínhamos a nível do nosso município.

Nós temos três rotas, que são: Centro da Cidade/Mutundo; centro da cidade/Tundavala e Mutundo/ Centralidade da Quilemba” detalhou. A responsável dos Transportes na província da Huíla, informou, por outro lado, que o projecto está ainda em fase de experimentação, daí a razão de serem postos a circular nas rotas definas os seis autocarros, na razão de dois para cada rota. A nossa interlocutora garantiu que o número de autocarros que já operam na cidade do Lubango poderá vir a ser aumentado em função das necessidades do programa. Para o seu pleno funcionamento, segundo Gracinda Gonçalves já foram seleccionadas duas empresas que operam no sector dos transportes.

“Numa primeira fase, em cada rota, temos dois autocarros, na medida em que formos trabalhando, caso haja desnecessidade de aumento, faremos incremento de mais autocarros” garantiu, para em seguida rematar, “selecionamos duas empresas locais, que têm todas as condições de operacionalidade”. José Naranjo, consultor da Empresa ASPBRAS, revelou que o objectivo do Governo com esta parceria é garantir à população um transporte público regular e com mais segurança.

error: Content is protected !!