O editorial :Há que falar sobre o IVA

Jornal OPaís edição 1614 de 02/10/2019

Nos próximos dias, meses, será essencial continuar-se a falar sobre o IVA, mas por gente autorizada e competente. Vai ser necessário apelar à vigilância do cidadão, porque os abusos começaram no primeiro dia. Abusos e confusões. Com um povo tão iletrado como o nosso, tudo está “preparado” para somar prejuízos. Por exemplo, ontem, já surgiram facturas em que se somava ao valor total catorze mil kwanzas, em vez de catorze por cento. Alguns comerciantes vão aproveitar-se, dessa ninguém nos livra. É necessária uma linguagem acessível, prática, para que as pessoas entendam o IVA e se defendam. O Estado tem muitas responsabilidades neste processo, se não quer que a implementação do imposto se vire contra si. E quando se fala de Estado, o governo que entenda que comunicação não se faz apenas pelos órgãos públicos de comunicação social, e muito menos apenas com gente “afecta”

error: Content is protected !!