MPLA encoraja Executivo a criar políticas para ultrapassar a crise

O apelo consta no comunicado final da III reunião Ordinária do Secretariado do Bureau Político realizada ontem, em Luanda, sob a orientação do seu presidente, João Lourenço

“O Bureau Político do MPLA, aproveita o ensejo para encorajar o Executivo liderado pelo Presidente João Lourenço a prosseguir com as políticas públicas que visam ultrapassar a crise económico-financeira que assola Angola e os angolanos”, refere o comunicado lido pelo porta-voz, Albino Carlos.

Neste encontro, que visou analisar, entre outros assuntos, a vida interna do partido, o Secretariado do Bureau Político recomendou para se fazer uma análise exaustiva sobre a situação da seca no Sul do país, cujo tema será discutido na próxima sessão ordinária do Comité Central.

Durante a reunião, foram aprovadas as candidaturas ao cargo de primeiro secretário nacional da JMPLA, cujos nomes não foram revelados, mas, segundo o comunicado, são capazes de potenciar a capacidade de mobilização da organização juvenil do partido no seio dos vários segmentos da juventude e nas acções patrióticas. A reunião recomendou, também, a Comissão Nacional Preparatória para continuar os trabalhos para a realização exitosa do 8º Congresso Ordinário da JMPLA, a realizar-se de 10 a 12 deste mês, em Luanda.

O Bureau Político apreciou ainda os documentos a serem submetidos ao 8.º Congresso Ordinário da JMPLA, evento que visa adequar a organização juvenil às transforações políticas, sociais e económicas em curso no país. O comunicado refere ainda que os participantes nesta reunião congratularam-se com a realização do 2º Colóquio Internacional sobre a história do MPLA, a decorrer em Luanda de 04 a 06 de Dezembro do ano em curso, com o objectivo de realçar a sua trajectória de luta e de vitória.

Foi aprovado igualmente o plano de actividades e de eventos para o ano 2020, no âmbito da preparação do Partido para “vencer o desafio de melhorar o que está bem, corrigir o que está mal”. O Bureau Político recomendou que a análise exaustiva sobre a situação da seca no Sul do país seja o tema de discussão na próxima sessão ordinária do Comité Central do partido.

 Gabinete de Cidadania tem nova directora

Nesta sessão, o Bureau Político aprovou a nomeação de Anabela dos Santos Dinis para a função de directora do Gabinete para a Cidadania e Sociedade Civil e anuiu sobre a suspensão da filiação e interrupção do mandato de Victória da Silva Izata, como membro do Comité Central do MPLA, por ter sido designada juíza-conselheira do Tribunal Constitucional.

error: Content is protected !!